Índio vê o Botafogo-PB já classificado, mas promete o Naça brigando pela segunda colocação

Técnico do Canário acredita que o Belo não perde mais a liderança do Grupo A, mas garante que seu time tem chace de desbancar o Treze por vaga na semifinal

O técnico Índio Ferreira, do Nacional de Patos, teve bons motivos para comemorar nesse domingo. Isso porque, após a vitória sobre a Perilima, seu time dormiu na segunda colocação do Grupo A do Campeonato Paraibano e segue firme na briga por uma vaga na semifinal. O treinador alviverde confia na força da sua equipe para buscar essa classificação, muito embora admita que o Botafogo-PB é o grande favorito e, na sua opinião, já esteja com a liderança da chave garantida.

Índio avalia que o Botafogo-PB deve garantir a primeira colocação do grupo, deixando em aberto a disputa pela segunda vaga da chave na semifinal.

– O campeonato está no seu início, na terceira rodada, mas já dá para perceber que o favoritismo do Botafogo-PB é indiscutível. É uma equipe que tem um poder aquisitivo muito grande, tem um grande elenco e um grande treinador. Nosso pensamento foi entrar na competição para disputar de igual para igual. À exceção do Botafogo-PB, o futebol hoje está muito nivelado, em todos os sentidos.

Com todos os times do grupo vivos na briga pela classificação, a missão do comandante do Nacional de Patos não será fácil. Para cumpri-la, ele pretende usar como trunfo os jogos dentro de casa.

– Com certeza uma das vagas é do Botafogo-PB. E nós vamos brigar pela segunda vaga, assim como Serrano-PB, Sousa e Treze vão brigar também. Você fazendo o dever de casa, obviamente você tem a tranquilidade, a consciência, que você pode sair para um jogo fora de casa com o objetivo de pontuar. O essencial é fazer o dever de casa. Um clube que quer brigar pela classificação não pode perder jogos em casa.

Com mais da metade da competição a ser disputada, Índio disse que o elenco ainda não está fechado e espera contratações. Recentemente, o clube anunciou a contratação de Fábio Neves, meia que já atuou no futebol paraibano, pelo Botafogo-PB. Porém, o jogador ainda não atingiu a sua condição física ideal.

– Ainda não estamos com o grupo fechado, até porque estamos buscando algumas peças de reposição, visto que alguns jogadores deixaram o clube. Então, jogador de qualidade, que esteja dentro do perfil do clube, será bem-vindo. O Fábio é um jogador que conhece o futebol paraibano, no entanto, ele estava treinando, mas não estava jogando. Então, pelo seu condicionamento físico, dificulta que ele jogue. Assim que entrar no BID, fica à disposição, e vem para somar com o grupo.

No próximo domingo, o Nacional encara o Atlético-PB, em Cajazeiras, às 17h, no Estádio Perpetão. Ainda que o confronto seja considerado um clássico do Sertão, o treinador tratou de manter os pés no chão e jogar a responsabilidade para o adversário.

– Vamos encarar o Atlético-PB da mesma forma que encaramos as outras equipes. Não vejo vantagem nenhuma nossa diante do Atlético-PB, muito pelo contrário, o favoritismo é deles, por jogarem em casa. Nós somos francos atiradores.

Com a vitoria diante da Perilima, o Nacional de Patos está na segunda colocação do Grupo A, com seis pontos, atrás apenas do Botafogo-PB, que tem nove. No entanto, pode ser ultrapassado ainda nesta segunda-feira, em jogo que fecha a terceira rodada do Campeonato Paraibano. O Treze recebe o CSP, e se ganhar, vai a seis pontos, ultrapassando o Canário no saldo de gols. Logo atrás, estão o Sousa, com cinco, e o Serrano-PB, na lanterna, com três.

Créditos: Globo Esporte

Mostre mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar