Prefeitura de João Pessoa cria 920 vagas em creches na Capital

A rede municipal de educação de João Pessoa ofereceu 920 vagas a mais nas unidades de educação infantil, em 2018. Com relação ao ano anterior, o município passou de 11.744 para 12.664 matrículas nas creches e pré-escola. As informações estão no Censo Escolar 2018, divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

A secretária de Educação da Capital, Edilma da Costa Freire, frisou que os dados do Censo Escolar refletem a execução das propostas para a educação infantil feitas pelo prefeito Luciano Cartaxo desde a primeira gestão.

“Desde o primeiro dia da gestão do prefeito Luciano Cartaxo buscamos otimizar os nossos espaços, ampliar na medida do possível o que a gente já tem e construir o novo. Hoje, em todas as reformas de escolas e creches, temos a proposta de colocar os espaços ociosos à disposição das famílias, abrindo espaços para novas turmas o ano inteiro. Com a educação infantil, isso tem sido prioridade. Nós levamos a inovação, ampliamos os espaços, mas sempre com esse olhar de trazer mais crianças para a rede municipal”, reforçou Edilma Freire.

Ela lembrou ainda que outro fator importante para a criação de novas vagas na educação infantil é priorizar a ampliação de matrículas para os berçários, com a implantação de novas turmas, tanto nas unidades já existentes quanto nas novas construções. “Ampliar o número de vagas nos berçários também está dentro das propostas da gestão. Construímos berçários onde não tinha, melhoramos onde já existia e ampliamos espaços, com a proposta do prefeito, que é levar berçários para todas as creches”, reforçou a secretária.

Novo padrão – A rede municipal de ensino da PMJP soma, até o último mês de janeiro, 110 unidades de ensino, sendo 66 creches e 44 escolas, reformadas ou construídas na proposta do novo padrão de qualidade. Esse projeto é uma ação do prefeito Luciano Cartaxo desde o início da gestão, em 2013.

 

Assessoria

Mostre mais
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios