DANÇA DAS CADEIRAS: Câmara de Alhandra faz ‘bota-fora’ de Natal, mas recontrata no Carnaval

Entidade demitiu em massa no mês de dezembro e recontratou no mês seguinte

A Câmara de Vereadores de Alhandra realizou uma movimentação atípica no fim do último do ano. De novembro para dezembro, a entidade demitiu 17 comissionados, reduzindo o quadro de 19 para apenas 2 funcionários desta modalidade. Foram poupados apenas o segurança e o tesoureiro da entidade.

Para se ter uma ideia na redução abrupta do quadro de funcionários, em novembro a Câmara mantinha 42 servidores, com um gasto de R$ 119 mil. Em dezembro, mês do pagamento do 13º salário, com apenas 25 funcionários, após a redução dos 17 comissionados, a folha caiu para R$ 95 mil.

Em janeiro, a entidade “normalizou” o número de funcionários, recontratando além de 17 comissionados, três mais trabalhadores, totalizando 21 comissionados. O número de servidores é, desde então, 51. A folha subiu para R$ 148 mil.

De acordo com o Sagres, em fevereiro o número de servidores permanece o mesmo, com o mesmo gasto de folha de pessoal.

Mostre mais
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios