R$1 MILHÃO INVESTIDO: Investigações do MPF podem colocar ex prefeito de São Bento atrás das grades

A responsabilidade com o dinheiro público vai ter que ser redobrada para os próximos gestores. Mais um prefeito está correndo o risco de responder judicialmene por mal uso de verbas.

Esse é o caso do ex prefeito de São Bento, Gemilton Souza, que está sendo investigado pelo Ministério Público Federal por usar indevidamente as verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

O procurador da República, Anderson Lima, determinou a abertura de um inquérito civil para apurar possíveis irregularidades na construção de uma escola. A unidade seria destinada à educação infantil e teve investimentos superiores a R$ 1 milhão.

 

Mostre mais
Fechar