CAMINHOS FECHADOS: Estudantes protestam contra cortes da educação na BR 230 em Sousa

O bloqueio da BR 230 aconteceu bem cedo em frente à entrada principal da UFCG

Estudantes da UFCG, Campis da Cidade de Sousa, e do IFPB resolveram fazer na manhã desta terça-feira (07), ato de manifestação, fechando a BR 230 em protesto aos cortes da educação por parte do Governo Federal.

O bloqueio da BR 230 aconteceu bem cedo em frente à entrada principal da UFCG.

Mais tarde um pouco, os manifestantes decidiram seguir em passeata até o centro da Cidade de Sousa.

A Polícia Militar do 14º BPM segue acompanhando os estudantes durante o percurso.

Cortes

O Ministério da Educação (MEC) congelou mais recursos da educação básica do que das universidades federais. Apesar do discurso do governo federal de dar prioridade à base do ensino público, ao menos R$ 2,4 bilhões que estavam previstos para investimentos em programas da educação infantil ao ensino médio foram bloqueados. As universidades federais estão sem R$ 2,2 bilhões.

O contingenciamento vai na contramão do que defende o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desde a campanha eleitoral: o aumento de investimento para a educação básica em detrimento do ensino superior. Anteontem, o presidente, em entrevista ao SBT, reafirmou a prioridade de seu governo: “A gente não vai cortar recurso por cortar. A ideia é pegar e investir na educação básica”. Dois dias antes, o ministro Abraham Weintraub publicou um vídeo no Twitter também defendendo a mudança de prioridades. “Para cada aluno de graduação que eu coloco na faculdade eu poderia trazer mais dez crianças para uma creche.”

Mostre mais
Fechar