FALTA MEDICAMENTOS, ROUPAS DE CAMA E MONITORES: CRM interdita UPA de Bayeux após constatar irregularidades

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou, na noite desta terça-feira (14), a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da cidade de Bayeux, na grande João Pessoa.

A fiscalização chegou ao local para averiguar inicialmente uma denúncia de agressão verbal contra uma médica, mas terminou constatando outras irregularidades.

A Unidade não tem aparelhos de trabalho, como monitores, além da falta de roupas de cama e medicamentos.

Ontem (13), o CRM-PB interditou a UPA do bairro de Cruz das Armas, em João Pessoa, por falta de segurança. Nesta terça-feira, em um acordo entre a Secretaria de Saúde do município e o Conselho, o local foi desinterditado com a colocação de guardas municipais.

Em menos de cinco meses, o CRM da Paraíba já interditou oito unidades de saúde no estado.

Mostre mais
Fechar