VEREADOR OU COMISSÁRIO DE BORDO? Valor recebido por presidente da Câmara de Santa Rita em diárias é maior que gasto total na Câmara de João Pessoa

Segundo relatório do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, foram R$425.798,00 gastos em diárias com os vereadores de Santa Rita em cursos e palestras.

Para quem gosta de viajar bastante, poder conciliar fonte de renda com prazer é um grande sonho. Algumas pessoas tentam a carreira de comissário de bordo, onde poderiam conhecer muitos lugares e ainda ganhar por isso. Para os viajantes fica a dica, existe mais uma opção para ganhar dinheiro e andar muito: ser vereador de Santa Rita.

Peguemos como exemplo o presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Saulo Gustavo Santos, que além do salário, ganha diárias por viagens a serviço da casa. Em 2018 o gasto do vereador foram de impressionantes R$45.478,00, por trabalhar durante oito eventos.

Segundo relatório do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, foram R$425.798,00 gastos em diárias com os vereadores de Santa Rita em cursos e palestras. O relatório do TCE compara os gastos de outras Câmaras Municipais, como João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo. Os gastos com diárias (item 14) de João Pessoa foram de R$28.321,20.

Caso o leitor ainda esteja pensando em qual carreira investir (comissário de bordo ou vereador de Santa Rita) fica aqui mais um item de comparação: o comissário de bordo ganha cerca de R$3 mil por mês, totalizando R$36 mil ao ano, ser vereador em Santa Rita é melhor em rentabilidade.

Confira documento total aqui:

RELATÓRIO TCE PB

Mostre mais
Fechar