QUEDA DE ENERGIA PROVOCOU MORTE: Paciente estava entubada na UTI

Uma mulher de 66 anos, que estava internada no Trauminha de Mangabeira, faleceu na madrugada desta segunda-feira (17) após complicações no seu quadro de saúde. De acordo com familiares, a paciente estava entubada, respirando por aparelhos, e uma queda de energia teria ensejado em sua morte.

Com a falta de energia, o gerador do hospital continuou funcionando, mas falhou posteriormente. No entanto, teria parado duas vezes, o que acabou prejudicando a manutenção do funcionamento dos aparelhos. A mulher não resistiu e faleceu.

Os familiares da mulher acreditam que houve negligência no atendimento do hospital. Além deste falecimento, outros pacientes que estavam internados na unidade de saúde também foram prejudicados. Algumas cirurgias precisaram ser canceladas devido à instabilidade na distribuição de energia do hospital.

O Hospital de Ortotrauma, ou Trauminha de Mangabeira como é mais conhecido, enfrenta vários problemas recorrentes, como é denunciado pelos usuários. Após uma inspeção do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) no mês de fevereiro, o bloco cirúrgico da unidade precisou ser interditado. No local foi detectada a presença de mofo, superlotação, estrutura precária e até mesmo uma infestação de baratas.

Mostre mais
Fechar