SÃO JOÃO DA TRANQUILIDADE: Secretaria de Segurança informa que homicídios reduziram em quase 70%

A Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social divulgou balanço parcial mostrando uma redução de aproximadamente 70% no número de homicídios em relação ao mesmo período do ano passado. Enquanto em 2018 ocorreram 26 homicídios, este ano foram registradas oito ocorrências desse tipo de crime, uma redução de 69,2%.

O governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB), comentou o fato e agradeceu às forças de segurança do Estado, cujas ações realizadas de forma integrada têm alcançado resultados positivos, com a redução consecutiva dos números dos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) nos últimos anos.

“Obrigado ao povo da Paraíba, em especial às polícias e forças de segurança do nosso Estado, pelo São João tranquilo que tivemos. Muita festa, muita alegria e 69,2% de redução nos números da violência. Segue o trabalho”, comentou o governador.

O que diz Jean Nunes

O secretário da Segurança e Defesa Social, Jean Nunes, acredita que esse resultado é fruto de um planejamento integrado antecipado da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros, articulado com os parceiros como Detran e outros órgãos envolvidos. “Além do planejamento para as festividades de São João, a Sesds manteve um planejamento de atenção em todo o Estado, com várias operações policiais do litoral ao sertão. Com ações orientadas pelo Núcleo de Análise Criminal e Estatística conseguimos direcionar as ações com mais precisão”, observou.

A redução do número de assassinatos neste período de São João segue a tendência do que vem ocorrendo desde o início do ano. Conforme dados do Núcleo de Análise Criminal e Estatística (Nace) da Sesds, em relação aos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), que são os homicídios dolosos ou qualquer outro crime doloso que resulte em morte, de janeiro a maio deste ano foram contabilizados 397 homicídios contra 502 ocorridos no mesmo período de 2018. Ao todo, são 105 casos a menos, colocando a Paraíba como único estado do país a alcançar sete anos de redução consecutiva na ocorrência de assassinatos, com continuidade durante todos os meses de 2019.

Mostre mais
Fechar