Em nota, Defesa de Dinaldinho nega irregularidades após TJPB aceitar denúncia

O advogado Aécio Farias afirmou que recebeu com tranquilidade a notícia do recebimento da denúncia e que não enxerga nenhum crime por parte da primeira dama.

A defesa do prefeito afastado de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, negou através de nota as irregularidades que levaram o Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) receber denúncia, nesta quarta-feira (17). A denúncia aponta que a esposa do prefeito afastado de Patos utilizou um veículo oficial, locado com verbas municipais para atender ao gabinete do gestor, para se deslocar ao Município de Cacimbas, onde atua como médica.

Na nota, Aécio Farias afirmou que ‘a defesa enxerga que não há crime no ato da primeira-dama em conduzir o veículo da prefeitura com duas nobres missões: o Conselho Municipal de Combate à Pobreza e prestar assistência médica de urgência a quem necessitava, pondo, inclusive, sua própria vida em risco’.

Leia:

‘A defesa do Prefeito de Patos, Dinaldo Medeiros Wanderley Filho, recebe com tranquilidade a notícia do recebimento da denúncia pelo Tribunal de Justiça da Paraíba e, com essa mesma tranquilidade, acredita que, ao final do processo, será absolvido.

É sempre bom esclarecer que não houve qualquer julgamento acerca do mérito, tendo o desembargador relator ressaltado que as inúmeras provas do alcaide serão analisadas ao final, que é o momento adequado.

A defesa enxerga que não há crime no ato da primeira-dama em conduzir o veículo da prefeitura com duas nobres missões: o Conselho Municipal de Combate à Pobreza e prestar assistência médica de urgência a quem necessitava, pondo, inclusive, sua própria vida em risco.

Aguardemos o deslinde.

Aécio Farias Filho (advogado)’

Mostre mais
Fechar