FRIGORÍFICO, POUSADA E CASA DE LUXO: Energisa constaram furto de energia e crime pode dar até 8 anos de cadeia

No fim da tarde desta quinta-feira (25), dois estabelecimentos comerciais e uma residência de grande porte foram flagrados desviando energia elétrica na zona sul de em João Pessoa. Ação aconteceu após o Centro de Inteligência do Departamento de Combate às Perdas da Energisa apontar grande variação no consumo de uma pousada e um frigorífico no bairro Valentina de Figueredo, e de uma residência de grande porte localizada no Portal do Seixas.

Equipes da Energisa com apoio da Polícia Civil estiveram no local e constataram o desvio (gato de energia) nos três estabelecimentos. Agora, após constatado o furto, a Energisa vai levantar quanto de energia foi desviada e por quanto tempo. Conforme previsto no Código Penal, art. 155, o furto de energia é crime e o responsável pode ser condenado a até oito anos de cadeia.

Importante ressaltar que o consumidor regular também é prejudicado com a prática dos ‘gatos’, pois parte do valor desviado é acrescido diretamente na tarifa mensal. Além do prejuízo financeiro, o consumidor pode ter a qualidade do fornecimento de energia prejudicada, já que a rede não foi dimensionada para suportar gambiarras podendo causar incêndios e choques elétricos.

Mostre mais
Fechar