Juiz ordena que Pâmela Bório retire imagem de Coriolano Coutinho de suas redes sociais

O juiz Ricardo da Silva Brito determinou que Pâmela Bório exclua de suas redes sociais a imagem de Coriolano Coutinho, ex-secretário da PMJP e irmão do ex-governador Ricardo Coutinho. A imagem foi postada na sexta-feira (6) quando ela fez referência à denúncia do Gaeco do Ministério Público da Paraíba (MPPB) sobre suposto esquema de corrupção na Prefeitura de João Pessoa, em gestão do PSB.

Durante delação premiada, Livânia Farias, ex-secretária de finanças da prefeitura de João Pessoa e ex-secretária de administração do estado, confirmou que recebia os repasses de Bernardo Vidal pouco antes do início do período eleitoral porque o dinheiro do esquema seria centrado apenas para a campanha, que saiu vencedora sobre a chapa do então governador José Maranhão (MDB). Ela disse ainda aos promotores que Gilberto Carneiro, procurador do municipio à época, e Coriolano Coutinho, ex-secretário da prefeitura e irmão do ex-prefeito e ex-governador Ricardo Coutinho, receberam propina até o fim do ano de 2010, mas confirmou que eles insistiam em pedir dinheiro a Bernardo Vidal.

 

Da redação com ParlamentoPB

Mostre mais
Fechar