PARCERIA COM A JUSTIÇA: Inaugurada terceira Biblioteca Voluntária em Hospital Infantil de Patos

O Hospital Infantil Noaldo Leite, que fica na cidade de Patos, é mais um local beneficiado pelo Projeto Biblioteca Voluntária, idealizado pelos servidores do Fórum Miguel Sátyro, Teresinha Vita de Sousa Queiroz (técnica judiciária), Edson dos Santos (auxiliar administrativo), Getúlio Luiz Camboim (gerente do Fórum da Comarca de Patos) e Inaldo Rodrigues (oficial de justiça). A inauguração desse novo espaço foi possível por meio de parceria entre a unidade judiciária e o Colégio Fera Geo.

Dados do fórum contabilizam mais de 2,5 mil livros nos acervos das três bibliotecas que integram o projeto. Para a nova unidade inaugurada, as doações de livros e brinquedos podem ser feitas no próprio órgão judiciário.

A primeira biblioteca voluntária, inaugurada no Fórum no ano passado, conta com um acervo de mais de dois mil livros disponíveis. Já a segunda unidade, localizada na Estação Rodoviária da cidade, possui cerca de 470 obras. De acordo com o diretor do Fórum de Patos, juiz Ramonilson Alves Gomes, o projeto incentiva o hábito da leitura e a devolução dos livros não é obrigatória. “Tudo começou com a observação da angústia e inquietação das crianças que acompanhavam os pais em algum ato processual no fórum, pois ficavam sem ter o que fazer. Assim, fizemos um espaço infantil com livros e percebemos que foi muito útil e as crianças começaram a frequentar o local, diminuindo, assim, o estresse deles e dos pais”, destacou.

O movimento de interesse pelos livros durante o tempo passado no Fórum também atingiu os adultos, o que fez com que a unidade fosse crescendo cada vez mais. Neste ano, em parceria com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e com a 6ª Gerência Regional de Educação da Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia (SEECT), a Unidade II da biblioteca voluntária foi inaugurada na Estação Rodoviária de Patos, atingindo um número ainda maior de pessoas.

Para a unidade do Hospital Infantil de Patos, a prioridade das doações são obras destinadas ao público infantojuvenil. “Pensamos em inaugurar uma biblioteca no hospital porque vai ajudar bastante na recuperação, especialmente ao distrair os pacientes da própria doença. O Colégio Geo Fera custeou o mobiliário e fez doações de livros, sendo a maior parte de alunos da escola”, frisou o magistrado, acrescentando que a intenção é expandir o projeto para instituições bancárias. “Porém, ainda estamos avaliando a ideia”, salientou o juiz Ramonilson Gomes.

Para fazer doações de livros ao projeto, basta entrar em contato com o Fórum Miguel Sátyro por meio do telefone (83) 3423-3633 e procurar a servidora Terezinha Vita.

Ascom-TJPB

Mostre mais
Fechar