‘MUNDO MIX’: Artista paraibano é destaque em Bienal internacional de artes visuais

Pela segunda vez em Curitiba, artista leva a série 'Mundo Mix', composta por uma instalação com várias bandeiras de países com cores alteradas

O artista visual Julio Leite, de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, será um dos destaques na 14ª Bienal Internacional de Curitiba (PR) em uma mostra que será aberta nesta sexta-feira (21), no Museu Oscar Niemeyer e em outros espaços culturais do município. Mais de trezentos artistas de diversos países marcarão presença no evento.

Júlio Leite participa da bienal pela segunda vez e leva para Curitiba a sua série ‘Mundo Mix’, composta por uma instalação com várias bandeiras de países, proeminentes da geopolítica global, com cores alteradas. As alterações servem para compor o que o artista chama de mudança sistêmica na alteração dos mapas, sobretudo, composta dos fluxos migratórios, superpopulação e sociedade de consumo.

O artista expõe como esses mecanismos vêm causando profundas mudanças culturais e na viabilidade de um sistema global sustentável. A obra dele ficará exposta no Paraná até março de 2020, que é a data prevista para o término do evento. Mais de trezentos artistas confirmaram presença na Bienal, alguns representam países como Alemanha, Canadá, Estados Unidos, China, África do Sul, França, Espanha, Japão, Itália e Colômbia.

A obra de Júlio Leite vai estar exposta no Núcleo Curatorial Entremundos, com os artistas brasileiros: Cildo Meirelles, Nélson Leirner, Paulo Bruscky, Alex Fleming, Rubens Gerchman, Artur Omar, Ana Maria, Maiolino, Cao Guimaraes, Artur Bispo do Rosário, Marcia X, Mario Cravo Neto, Georgia Kyriakakis, Lucas Bambozzi, Raul Mourão, Gisele Beiguelman, Rejane Cantoni e outros.

O paraibano é um artista que se destaca desde a década de 90, com uma produção de arte que aborda questões conceituais. Sua obra tem um amplo aspecto de exploração estética e a qualidade tem sido reconhecida pela crítica e reivindicada para coleções dos principais museus no país. Julio participou de várias exposições no Brasil e no exterior, sendo um dos artistas paraibanos mais atuantes na arte contemporânea brasileira.

Sobre o artista

Julio Leite nasceu em 1969, na cidade de Campina Grande, no Agreste da Paraíba, onde vive e trabalha atualmente. O artista, é graduado em jornalismo pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) e se dedica às artes visuais desde os anos 90. Foi bolsista do Programa de Residência Artística da Fundação Armando Alvares Penteado, em São Paulo e já participou de diversas exposições no Brasil e no exterior.

Portal Correio

Mostre mais
Fechar