NOTA OFICIAL: Prefeitura de Cabedelo esclarece que Xeque-Mate apura atos da gestão Leto Viana e que não mantém contrato com empresa investigada

Após a deflagração da 5ª fase da Operação Xeque Mate, que investiga prática de crimes e desvios de recursos públicos federais destinados à aquisição de medicamentos pela Prefeitura de Cabedelo na gestão de Leto Viana, e que aprendeu maços de dinheiro no apartamento de André Amaral, pai do ex-deputado André Amaral, na Capital.

A Prefeitura de Cabedelo emitiu nota, nesta terça-feira (8), para esclarecer que a gestão do prefeito Vítor Hugo não mantém qualquer contrato vigente com as empresas investigadas pela Polícia Federal e Gaeco do Ministério Público da Paraíba.

No texto, a assessoria de Vítor Hugo ainda esclarece que a gestão cabedelense obedece a todos os ritos de transparência nos seus atos administrativos e que está à disposição da Justiça para colaborar com todas as investigações.

Confira a nota na íntegra:

NOTA

A Prefeitura Municipal de Cabedelo vem a público esclarecer que não mantém NENHUM contrato vigente com a empresa investigada na 5ª fase da operação Xeque-Mate, deflagrada na manhã desta terça-feira (8). 

As licitações sob investigação ocorreram durante a administração do ex-prefeito, Leto Viana.

A atual gestão reitera o compromisso com a transparência dos seus atos administrativos e se coloca à inteira disposição da Justiça e dos órgãos fiscalizadores para colaborar com as investigações no que for preciso.

Mostre mais
Fechar