Tite admite pressão na Seleção e rasga elogios a jogador: ‘Jogou muito’

Brasil empatou com a Nigéria por 1 a 1 e chegou ao quarto jogo sem vitória após o título da Copa América

O Brasil empatou com a Nigéria por 1 a 1 neste domingo e chegou ao quarto jogo sem vitória após o título da Copa América. Depois de empatar com a Colômbia, perder para o Peru e ficar na igualdade com Senegal, os comandados de Tite não chegaram à vitória contra a seleção africana.

Após a partida, o técnico Tite admitiu a pressão pelos resultados vitoriosos. No entanto, ressaltou a importância de testar os jogadores e elogiou a atuação do lateral-esquerdo Renan Lodi, que se tornou mais uma opção ofensiva da Seleção.

“Eu sei que tenho a pressão do resultado, mas só se consegue fazer jogos preparatórios, não amistosos, se você deixar o campo falar. Por exemplo, o Lodi jogou muito. Jogou muito. Então tivemos a possibilidade de ter um jogador mais agressivo pelos lados e ter mais um no hall de jogadores da equipe”, afirmou o treinador.

Em novembro, o Brasil volta a campo para o clássico contra a Argentina, na Arábia Saudita, no dia 15. Depois, os comandados de Tite enfrentam a Coréia do Sul, provavelmente no dia 19, nos Emirados Árabes.

Com informações do FOX Sports

Mostre mais
Fechar