Polícia prende suspeito de estupro de vulnerável e lesão corporal, em Guarabira

Ele estaria mantendo relações sexuais com uma adolescente de 14 anos há pelo menos dois anos.

Um homem de 26 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável, nesta segunda-feira (21), na cidade de Guarabira, no Brejo paraibano. Ele estaria mantendo relações sexuais com uma adolescente de 14 anos há pelo menos dois anos.

As equipes chegaram ao local depois de terem sido acionadas para atender uma solicitação de agressão contra a adolescente, que estaria com a filha de dois meses.

Ao chegar no local, a vítima informou que o pai da filha dela teria pego a criança sem autorização e a teria levado. Na tentativa de impedi-lo, ela foi empurrada e derrubada no chão.

A polícia foi até a casa do suspeito, que resistiu à prisão. Ele ainda tentou fugir pelo quintal da residência, mas foi localizado e capturado pela Polícia Militar. A irmã do suspeito, uma jovem de 23 anos, também foi detida por desacato. Os dois foram conduzidos para a delegacia. A criança foi entregue à mãe, que relatou que mantinha relações sexuais com o suspeito desde os 12 anos de idade, o que, segundo a polícia, caracteriza o estupro de vulnerável.

Mostre mais
Fechar