Bolsonaro cita ‘interesse’ em ‘interferência na Amazônia’ após encontro com príncipe Charles

Príncipe Charles e presidente Bolsonaro se encontram no Japão durante entronização de imperador japonês

O príncipe Charles é um “homem simpático”, mas, “como o resto do mundo, está equivocado sobre a Amazônia”.

Ao menos foi esta a impressão do presidente Jair Bolsonaro sobre o encontro com o herdeiro da coroa britânica, que ocorreu na última quarta-feira (23), em Tóquio, e foi divulgada de surpresa nas redes sociais do presidente.

Em conversa breve com jornalistas na entrada do hotel em que se hospeda em Pequim, onde se encontra nesta sexta-feira com o presidente chinês Xi Jinping, o presidente foi questionado pela BBC News Brasil sobre o encontro com o filho da rainha Elizabeth 2ª.

“Não deixou de ser uma surpresa. Mas uma surpresa agradável”, disse Bolsonaro quando questionado sobre o encontro.

A reportagem pergunta o que o líder brasileiro achou do príncipe.”É uma pessoa simpática. Como você.”A BBC News Brasil questionou o presidente sobre o que os dois discutiram durante o encontro, que, segundo o mandatário brasileiro, durou 30 minutos.

A Amazônia foi tema?”Em um primeiro momento, há interesse deles, logicamente, né, de ter uma certa interferência, entre aspas, nessa questão”, respondeu o presidente.”Agora, o mundo todo está equivocado do que é a Amazônia, do que ela representa, e não sabe que lá existem mais de 20 milhões de brasileiros na região”, prosseguiu.

Mostre mais
Fechar