OPERAÇÃO LADINOS: Suspeitos de ataques a bancos na PB usavam armas de guerra

No total, 15 pessoas foram presas na Operação Operação Ladinos

A Secretaria da Segurança e da Defesa Social da Paraíba (Sesds), por meio de seus órgãos operativos – Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar, realiza desde as primeiras horas da manhã desta quinta-feira (24), juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a ‘Operação Ladinos’, que tem o objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra suspeitos da autoria de assaltos a bancos no Estado.

A ação é resultado de investigações desenvolvidas pela Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) de Patos e faz parte dos trabalhos executados pela Força-tarefa criada no início deste ano pela Sesds para enfrentamento aos crimes contra instituições financeiras.

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Catolé do Rocha, Lagoa, Jericó, Santa Cruz, Pombal, no Sertão paraibano, e ainda na região metropolitana de João Pessoa. Ao todo, 180 policiais e bombeiros foram empregados na operação, que segundo as investigações desarticula a quadrilha responsável por um estouro a carro forte em Jericó, assaltos aos bancos Bradesco de Brejo Santo, São João do Rio do Peixe, Bom Sucesso e uma tentativa de assalto também ao banco Bradesco de Jericó.

 

Mostre mais
Fechar