Alberto Fernández vence Macri e é eleito em 1º turno na Argentina

Com 96,22% das urnas apuradas por meio do sistema rápido de contagem, o opositor havia conquistado 48,03% dos votos contra 40,44% de Macri.

Alberto Fernández foi eleito novo presidente da Argentina nas eleições deste domingo (27). Com a ex-presidente Cristina Kirchner como vice na chapa, ele derrotou o atual mandatário, Mauricio Macri. O resultado foi previsto ainda nas prévias eleitorais de agosto.

Fernández discursou a apoiadores e aceitou o convite de Macri para o diálogo. “A única coisa que me preocupa é que os argentinos deixem de sofrer. Nosso compromisso é com cada um dos argentinos e argentinas”, disse.

Com 97,4% das urnas apuradas, Fernández tinha 48,02% dos votos. Macri, 40,46%. O resultado garantia a vitória para o kirchnerista porque, na Argentina, o candidato vence no primeiro turno se obtiver mais do que 45% dos votos.

O presidente eleito ainda homenageou o ex-presidente Néstor Kirchner, morto em 2010 e que governou o país entre 2003 e 2007. Fernández foi chefe de gabinete de Néstor.

“Obrigado, Néstor, onde você esteja. Porque você semeou tudo isso que estamos vivendo.”

Mostre mais
Fechar