Pesquisa mostra aumento de rotatividade e de novas contratações, mas não de aumentos salariais

Pesquisa da Mercer, consultoria de soluções de carreira, saúde e previdência, mostra que os aumentos salariais ficaram na mesma média do ano passado, ao passo que a rotatividade de funcionários cresceu tanto em cargos mais altos como nos operacionais. Já o percentual de contratações subiu em todos os níveis de cargos, com maior crescimento entre os de nível intermediário.

A pesquisa da Mercer mostra que, assim como no ano passado, as empresas concederam um reajuste salarial médio de 4,4% neste ano. Os segmentos que apresentaram maior reajuste médio foram os de Manufatura (5%) e o Automotivo (4,8%). Entre as áreas, a que apresentou maior reajuste foi a de Análise de Dados (5%). Já os cargos administrativos foram os que tiveram o menor reajuste médio: 3,6%.

As novas contratações tiveram um bom desempenho em 2019, de acordo com a pesquisa. Em todos os níveis, o percentual de novos contratados foi maior em 2019 do que em 2018, representando 12% no nível operacional (contra 10% em 2018), 19% no nível intermediário (14% em 2018) e 22% no nível de liderança (ante 18% no ano anterior).

A Mercer realizou a pesquisa com 680 empresas, abrangendo mais de 780 mil profissionais em 24 mil posições diferentes.

Mostre mais
Fechar