Denúncia aponta tentativa de burlar a lei de licitações pelo presidente da Câmara de Bayeux

O presidente da Câmara de Bayeux, Jefferson Luiz Dantas – conhecido como Jefferson Kita – está sendo acusado de improbidade administrativa, ao realizar despesas sem licitação para reforma do prédio da Casa Legislativa, no valor de R$ 40 mil. De acordo com a denúncia, Kita teria contratado ou pago de forma fracionada, numa tentativa de burlar a lei, o que se configura em mais um ilícito.

A denúncia, que aponta as irregularidades, foi protocolada na última terça-feira (19), na Câmara da cidade. O documento traz um grande acervo de provas documentais, inclusive, com base no demonstrativo de despesa, presente no Portal de Transparência disponível na página da Câmara Municipal de Bayeux, bem como no sistema SAGRES, do Tribunal de Contas do Estado.

Da redação

Mostre mais
Fechar