João diz que Ricardo foi envenenado por um “fuxico” e que atitudes provocaram o racha do PSB

O governador João Azevêdo disse, nesta quinta-feira (5), que o ex-governador Ricardo Coutinho foi envenenado por um “fuxico” de que iria perder o apoio em 2020 e ficar sem legenda. A fofoca teria motivado a desconfiança do socialista e, por isso, ele teria feito o que fez – dissolver a sigla na Paraíba para virar o presidente e desferir ataques públicos ao governador. Assista:

Essa desconfiança provocou uma série de malefícios internos ao PSB. Após a desfiliação de João, por exemplo, pelo menos dez prefeitos filiados ao PSB na Paraíba já disseram que devem deixar a legenda para seguir o mesmo rumo partidário que o governador. Já na Câmara de João Pessoa (CMJP), os vereadores socialistas Leo Bezerra e Tibério Limeira já comunicaram a saída da legenda. Os secretários estaduais Deusdete Queiroga (Infraestrutura e Recursos Hídricos) e Geraldo Medeiros (Saúde) também já anunciaram que também estão deixando o partido.

Mostre mais
Fechar