Pedras de Fogo: Câmara Municipal vai investigar suposto favorecimento de secretário que é sobrinho do prefeito

A Câmara de Vereadores de Pedras de Fogo não engoliu a justificativa da Prefeitura Municipal após um suposto ressarcimento ao secretário de infraestrutura Lucas Romão, e aprovou, nesta sexta-feira (06), requerimento dos vereadores Leleo do Alternativo, Zé de Duda , Jailson Do Casadinho e Nelson Da Una, solicitando a instalação de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), para investigar supostas irregularidades favorecendo a atuação de Lucas, que é sobrinho do prefeito Dedé Romão e pré-candidato a prefeito.

Votaram a favor da instalação da CPI os vereadores Leleo do Alternativo, Zé De Duda , Jailson Do Casadinho, Fabiano Silva e Nelson Da Una. Foram contrários à Comissão Parlamentar de Inquérito os vereadores Zeca Empeleteiro, Wilson Coelho e Itamar Monteiro.

Além de investigar, com base no Sagres, a compra de balanços xalingo para serem colocados no parque ecológico Padre Silvio Milanez por R$ 2.360,42, conforme o empenho nº 0002858 de 23/08/2019, valor esse que teria sido pago pelo secretário, que depois foi ressarcido pelo pagamento, os parlamentares querem apurar diversas outras denúncias que apontam o favorecimento da gestão ao secretário.

De acordo com os vereadores, essa forma de ressarcimento é ilegal.

Segundo um funcionário, a gestão trabalha em torno da atuação de Lucas Romão para fortalecer o nome do jovem secretário para a disputa municipal, mesmo com a administração do prefeito Dedé Romão sendo considerada negativa.

“Parece que o único secretário que existe em Pedras de Fogo é Lucas, ninguém mais tem vez nessa gestão, a não ser o sobrinho do prefeito. O resto é apenas ilustrativo para aparecer na foto com Lucas. Os vereadores tem que denunciar isso”, disse o funcionário do primeiro escalão.

Mesmo não obtendo êxito com o irmão Valdinho Romão que foi candidato a deputado estadual, o prefeito Dedé não desiste e tentará mais uma vez eleger um parente, mesmo passando por cima de correligionários e aliados que não aceitam a imposição do prefeito que não quer a opinião de ninguém na sua escolha.

Confira o empenho abaixo:

Mostre mais
Fechar