Prisões de Gilberto Carneiro e Waldson de Souza são mantidas após audiência de custódia

Além da deputada Estela Bezerra e da prefeita de Conde, Márcia Lucena, os ex-secretários Gilberto Carneiro e Waldson de Souza permanecerão presas preventivamente. A decisão foi tomada pelo juiz Adilson Fabrício durante audiência de custódia, que analisou caso por caso nesta quarta-feira (18).

Gilberto Carneiro – O ex-procurador geral do Estado da Paraíba teve sua prisão preventiva mantida por decisão do juiz Adilson Fabrício, no início da tarde desta quarta-feira (18). O magistrado negou o pedido de prisão domiciliar e determinou que Gilberto Carneiro seja encaminhado para o Presídio Hitler Cantalice, a Penitenciária Média de Mangabeira, em João Pessoa.

Waldson de Souza – De acordo com a defesa, o filho do ex-secretário de Planejamento do Governo do Estado tem necessidades especiais e a sua esposa sofre de depressão, sendo a sua presença em casa de fundamental importância para o equilíbrio de ambos. O juiz Adilson Fabrício negou o pedido de prisão domiciliar que foi feito pela defesa de Waldson. Adilson Fabrício determinou que Waldson seja encaminhado para a Penitenciária de Segurança Média no bairro de Mangabeira, em João Pessoa.

Da redação

Mostre mais
Fechar