Com prefeito sumido, moradores de Pedras de Fogo reclamam de abandono de obra

Abandonada pela prefeitura de Pedras de Fogo, a reforma do ginásio poliesportivo se tornou um daqueles contos com final desagradável e até mesmo revoltante para os moradores da região. Uma obra que poderia ser um local de interação, lazer, ferramenta para tirar jovens e adolescentes da ociosidade, além de estimular a prática de esportes, o ginásio poliesportivo de Pedras de Fogo, logo na entrada da cidade, está largado às traças.

O teto da quadra comprometido; paredes caindo, portões destruídos, muito mato ao redor; além de poças d’ água na quadra, que podem ser criadouros de larvas do mosquito Aedes aegypti.

Moradores da cidade contam que o prefeito Dedé Romão, que anda sumido da cidade, só aparece em eventos públicos, ninguém mais vê o gestor na prefeitura, obras estão abandonadas em todos os bairros. Hospital esquecido, CVT e outras obras desprezadas. Dinheiro do povo no lixo.

O cenário desprezível do ginásio tem revoltado a população, que espera medidas rápidas e eficientes do prefeito, que tem feito pouco caso da situação.

“Esse ginásio só serve para criadouro do mosquito da dengue, já pedimos várias vezes uma reforma aqui e o prefeito finge que não ouve. Além de tudo, o ginásio ainda serve para meliantes usarem drogas aqui”, disse uma moradora.

 

Mostre mais
Fechar