Calvário: João diz que está à disposição da Assembleia para esclarecimentos

O governador João Azevêdo (sem partido) garantiu nesta terça-feira (21) que está à disposição da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) para prestar esclarecimento sobre quaisquer assuntos ligados à operação Calvário. A declaração dada pelo gestor é uma antecipação a uma possível abertura do processo de cassação do mandato do governador, que teve o nome envolvido na Calvário única e exclusivamente por declarações de delatores.

“Essa é uma decisão da Assembleia. Não tenho dúvidas que ela está para discutir o processo e estarei à disposição para qualquer esclarecimento”, disse.

Azevêdo mais uma vez reafirmou estar tranquilo após a ex-secretária de Administração do Estado, Livânia Farias, o acusar em delação, de ter recebido uma mesada com dinheiro de propina da Cruz Vermelha na pré-campanha de 2018.

Também nesta terça-feira, João afirmou que vai “lutar” contra o processo de privatização da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), que acontece em uma de suas sedes em Campina Grande. O governador disse que não permitirá a entrega da empresa ao relatar que todo o processo para impedir tal feito já está em andamento no poder judiciário.

Mostre mais
Fechar