Prefeitura de JP tem 72h para se pronunciar na Justiça sobre aumento das passagens

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), tem 72 horas para se pronunciar perante a Justiça sobre o aumento de R$ 0,20 nas passagens de ônibus. A determinação é fruto do mandado de segurança impetrado pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol) da Paraíba solicitando a suspensão do aumento ou um prazo de trinta dias para entrar em vigor, com o objetivo da população adequar o orçamento para as novas tarifas.

O superintendente da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), Adalberto Araújo, também foi citado no recurso e também deve se pronunciar.

O preço da passagem de ônibus em João Pessoa sofreu um aumento de R$ 0,20 desde o dia 26 de janeiro, conforme decidido durante uma reunião realizada pelo Conselho Municipal de Mobilidade Urbana. Assim, a tarifa subiu dos atuais R$ 3,80 para R$ 4,00 para pagamento com o “Passe Legal”. Já a tarifa para quem faz o pagamento em dinheiro, que era de R$ 3,95 passa a ser de R$ 4,15.

Da redação com G1

Mostre mais
Fechar