4×1: STJ mantém Ricardo Coutinho livre, mas impõe medidas cautelares

s ministros da 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiram manter o ex-governador Ricardo Coutinho em liberdade. Somente o ministro Rogerio Schietti votou pela prisão do ex-governador, negando o habeas corpus. Os outros três juristas acompanharam o voto da relatora, ministra Laurita Vaz, que, apesar de conceder a liberdade provisória ao ex-gestor, impôs medidas cautelares. Veja como votou cada um:

Antônio Saldanha – liberdade
Nefi Cordeiro – liberdade
Rogerio Schietti – prisão
Sebastião Salgado – liberdade
Laurita Vaz – liberdade

As medidas cautelares aplicadas foram:

  • comparecimento periódico em juízo
  • proibição de manter contato com os demais réus, exceto com o irmão
  • proibição de sair da comarca
  • afastamento de natureza econômica
Mostre mais
Fechar