Vereadora enfrenta situação e consegue barrar aumento de taxa na conta de energia em Mataraca

Mesmo sendo mulher e a única que faz parte da oposição na Câmara Municipal de Mataraca, Litoral Norte da Paraíba, a vereadora Maria do Socorro Lopes (PSL) peita os vereadores da situação e consegue impedir o aumento de taxa na conta de energia. São ações como essa que demonstram o verdadeiro papel do parlamentar municipal.

A vereadora entrou na justiça para impedir ação ilícita do grupo de vereadores e conseguiu no Tribunal de Justiça da Paraíba (TJ-PB), através de decisão emitida pela juíza da 1ª Vara Mista de Mamanguape Candide Queiroga, barrar o Projeto de Lei (PL) que aprovou o aumento na taxa de Contribuição de Iluminação Pública (CIP). “Não poderia jamais deixar que um projeto desse entrasse em vigor, que ia fazer todos os mataraquenses pagarem ainda mais caro por suas contas de energia. Foi preciso coragem para enfrentar todos eles, mas tive essa iniciativa porque a minha função como vereadora é lutar para o bem de todos”, destacou Maria do Socorro.

O Projeto de Lei havia sido aprovado, de forma arbitrária, em sessão ordinária convocada pelo presidente da casa legislativa. Mas, com essa decisão da justiça a conta de luz das casas de Mataraca vai permanecer sem aumentar de valor. “Tenho que agradecer principalmente toda ajuda e apoio do advogado Dr. Luiz que não mediu os esforços em entrar com a ação na justiça”, ressaltou a vereadora.

O TJ-PB ainda solicitou apreciação do Ministério Público da Paraíba (MP-PB) para averiguar toda as ações da Câmara Municipal em relação à esse aumento na conta de luz.

Mostre mais
Fechar