Governador suspende funcionamento de bancos, casas lotéricas e comércio

Paraíba tem 73 novos casos suspeitos de coronavírus, diz SES; 187 seguem em investigação

O governador João Azevêdo na noite desta sexta-feira (20) decretou estado de calamidade pública e anunciou o fechamento de diversos equipamentos na Paraíba em cidades com casos confirmados do novo coronavírus. O decreto será publicado na edição deste sábado (21) no Diário Oficial do Estado (DOE).

Até o momento, a Paraíba tem 187 casos suspeitos da Covid-19. A maior parte em João Pessoa e nas cidades próximas, mas já há casos em Patos, Sousa e outras cidades do sertão do estado. Em Santa Rita há 5 pessoas em quarentena em com suspeita de infecção do novo coronavírus. O decreto reforça as medidas no entorno da grande João Pessoa e região metropolitana.

Serão suspensos pelo prazo de 15 dias a partir de 0 hora de 22 de março: academias, ginásios, centros esportivos públicos e privados, shoppings, centros e galerias comerciais, bares, restaurantes, festas, casas de festas, casas noturnas, boates, estabelecimentos similares, cinemas, teatros, circos, parques de diversão, estabelecimento com gênero público e privados, bancos e casas lotéricas, lojas ou estabelecimentos que pratiquem o comércio e embarcações do litoral.

Os bares e restaurantes poderão funcionar apenas com serviços de entregas, assim como lojas e estabelecimentos comerciais.

Azevêdo também incluiu no decreto a suspensão de missas, cultos e qualquer cerimônia religiosa por 15 dias. Estão suspensos pelo mesmo período as Feiras de Negócios do Artesanato paraibano e do centro de artesanato Júlio Rafael, na praia de Tambaú.

Não estão incluídos no decreto: órgãos de imprensa, meios de telecomunicação, estabelecimentos médicos, odontológicos, para serviço de emergências hospitalares, laboratórios de análises clinicas, farmacêuticos, clínicas de fisioterapia e de vacinação, distribuidores e revendedoras de água e gás, distribuidores  de energia elétrica, serviços de telecomunicações, segurança privada, postos de combustíveis, padarias, clinicas veterinárias, lojas de produtos para animais, lavanderias e supermercados.

Transporte 

Toda a frota de transporte intermunicipal da região metropolitana de João Pessoa e Campina Grande será paralisada neste final de semana e, a partir de segunda-feira (23), voltará a funcionar, porém com horário reduzido. Já os transportes que interligam todos os municípios da Paraíba, terão a frota reduzida a partir deste sábado (21).

A balsa que faz a travessia Costinha/Cabedelo/Costinha também terá o horário reduzido neste fim de semana; e as lanchas de transporte fluvial, que fazem a travessia Costinha/Forte Velho/Cabedelo funcionarão com horário e capacidade de pessoas reduzidos.

Já os ônibus que fazem o transporte interestadual terão a sua operação definida pela Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT).

Mostre mais
Fechar