João chama pronunciamento de Bolsonaro sobre coronavírus de ‘desserviço’

O governador João Azevêdo (Cidadania) criticou o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a pandemia do coronavírus e chamou de desserviço à nação. A declaração em cadeia nacional de rádio e TV sobre o novo vírus, dada na noite desta terça-feira (24), ganhou proporções mundiais, se tornou cinco dos dez assuntos mais comentados no twitter e teve duras críticas nas redes sociais.

“A nossa posição será de manter exatamente o plano elaborado anteriormente. Esse pronunciamento foi um desserviço à nação’, disse o gestor paraibano.

No pronunciamento, Bolsonaro chegou a pedir que a população voltasse a circular pelas ruas, que as crianças voltassem às aulas e voltou a chamar a doença que já matou mais de 15 mil pessoas em cerca de três meses no mundo inteiro. Se você perdeu, assista:

Mostre mais
Fechar