Julian x Walber: deputados divergem sobre pronunciamento de Bolsonaro

Os deputados Julian Lemos e Walber Virgolino discordaram sobre o polêmico pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (24). Bolsonaro, que voltou a minimizar a pandemia da doença, foi criticado por Lemos e defendido por Virgolino.

O federal Julian usou as redes sociais para classificar as palavras de Bolsonaro como “infelizes”. O presidente do PSL na Paraíba classificou as palavras como infelizes tendo em vista o momento que o mundo enfrenta. “Como cidadão e por minha família, não considerarei tal recomendação”, afirmou.

Já Virgolino disse em áudio que o presidente Bolsonaro está “certíssimo” em pedir o fim do confinamento em todo o país. ”Ele só disse, com as palavras dele, o que era preciso dizer. O Brasil não pode parar. Estamos sensacionalizando, com populismo, estamos agravando uma crise que é grave sim, ninguém vai esconder isso, mas não podemos escapar de uma crise de saúde e morrermos por uma crise econômica”.

Afastamento

Julian Lemos foi um dos maiores apoiadores do presidente durante a campanha eleitoral de 2018 e mesmo antes e depois das eleições. Depois de se desentender com os filhos do presidente, porém, em especial Eduardo Bolsonaro, os dois se afastaram.

Mostre mais
Fechar