A NOVA BOTIJA: Morador diz ser dono de cofre com R$ 35 mil deixado para sucata

Uma pessoa diz ser dona dos mais de R$ 35 mil que foram encontrados em um cofre descartado pela Polícia Civil da cidade de Araçatuba (SP). De acordo com o delegado Abelardo Gomes, responsável pelo caso, um morador da região reivindicou o dinheiro.

“Uma pessoa chegou aqui pleiteando, dizendo que o cofre é dela. Pareceu que viu a matéria em algum lugar. Ele está aguardando”, disse o delegado.

Segundo Gomes, a pessoa apresentou uma chave que pode ser do cofre. “Ele trouxe uma chave para verificar se o cofre é dele. A perícia vai verificar se é do cofre”.

No final de agosto, Manoel de Sá, funcionário da Acrepom (Associação de Coletores de Recicláveis de Araçatuba), encontrou a quantia no fundo falso do cofre deixado como sucata na associação. Ele compartilhou a descoberta com seus colegas de trabalho para devolver o cofre e o dinheiro.

Foi depois que os quase R$ 36 mil foram devolvidos à Polícia que a pessoa se apresentou na delegacia dizendo ser a dona do montante e do cofre.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que “o caso segue sob investigação por meio de inquérito policial instaurado pela Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Araçatuba”.

“No último dia 28, uma pessoa se apresentou à delegacia e relatou ser a proprietária do cofre encontrado em 27/08. A suposta chave do objeto foi apreendida e encaminhada ao Instituto de Criminalística (IC) para a realização da perícia, que está em fase de elaboração”, diz o comunicado.

Mostre mais
Fechar