Andressa Urach chora e pede que Edir Macedo acabe com Fogueira Santa: ‘Quero meus R$2 milhões de volta’

Andressa Urach ficou quase seis anos fazendo parte da Igreja Universal do Reino de Deus. Após lançar um livro em que falava sobre sua mudança, dar testemunhos em várias partes do país, a ex-modelo decidiu sair da instituição religiosa.

Nesta terça-feira (20), a a empresária fez um longo desabafo nas redes sociais contra Edir Macedo e a sua igreja. Na oportunidade, ela criticou a Fogueira Santa, uma campanha feita com frequência no local, onde os pastores pedem para os fieis doarem quase todos os seus bens.

“Bispo, eu queria falar uma coisa pra senhor e pedir: se o senhor tem amor pelas almas, não faz a fogueira santa, não faz, porque eu fui ao fundo do poço por causa da fogueira santa, bispo. Tudo bem o dizimo pra obra de Deus crescer, acho justo, mas, na fogueira santa, você tira o chão dos seus pés, você dá o seu Isaac, quase me levou para o inferno, porque eu dei tudo para Deus. Tudo o que Deus me deu eu devido para Deus”.

A loira ainda pediu desculpas pelas críticas que fez no passado contra as pessoas que deixaram a Universal.  “Vocês só não aceitaram mais serem manipulados. Então, quero pedir perdão porque um dia eu julguei vocês e, hoje, eu entendo o que é ser bloqueado pelos ex-membros. Eu entendo o que é ser chamado de pombagira, de coisas horríveis, de dizer que a gente vai ficar sete vezes pior. Tô fazendo esse vídeo justamente porque graças a Deus já passou bastante tempo. Eu trabalhei muito o perdão”, declarou.

A famosa ainda relembrou as doações de mais de R$2 milhões que fez para igreja, e que luta na Justiça para reconquistar.

“O senhor está levando almas para o inferno porque Deus não faz cair bênçãos sem medidas na nossa cabeça. No ato de desespero, a pessoa acaba dando tudo como eu dei e pode ficar até onde morar. Se não fosse a misericórdia de Deus, bispo, se não fosse o amigo que o senhor orientou a sacrificar, hoje, eu estaria dentro de um puteiro levando milhares de almas para o inferno. Então, foi isso que aconteceu e eu entrei na Justiça contra a igreja pedindo os R$ 2 milhões de volta porque eu não acho justo a fogueira santa”, complementou.

Mostrar mais
Close