Barcelona perde de virada em casa e desperdiça chance de ser líder do Espanhol

O Barcelona tinha nesta quinta-feira uma grande oportunidade de se tornar líder isolado do Campeonato Espanhol, faltando apenas cinco rodadas para o final da temporada. O time catalão recebeu o Granada no estádio Camp Nou, em Barcelona, em jogo atrasado da 33.ª rodada, mas perdeu de virada por 2 a 1 e permaneceu na terceira colocação. Tem 71 pontos, a mesma pontuação do rival Real Madrid, dois a menos que o líder Atlético de Madrid. Até o Sevilla, com 70, segue na briga pelo título.

No início de fevereiro, o Atlético de Madrid tinha 10 pontos de vantagem para seus rivais mais diretos. No entanto, o time comandado pelo técnico argentino Diego Simeone caiu de produção e aos poucos foi permitindo a aproximação de Real Madrid e Barcelona. Com a chance perdida nesta quinta-feira, o clube catalão ainda tem uma oportunidade no clássico contra o Atlético de Madrid daqui nove dias, no Camp Nou, pela 35.ª rodada.

Para se ter uma ideia da decepção pela derrota nesta quinta-feira, essa é a primeira vitória do Granada em 27 confrontos com o Barcelona na história. Antes, o time catalão havia vencido todos os 26 jogos disputados. Com 45 pontos, a equipe da região da Andaluzia está agora em oitavo lugar e se mantém na luta por uma vaga na próxima edição da Liga Europa.

Em campo, os mandantes abriram o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. O atacante francês Antoine Griezmann recebeu, conduziu muito bem a jogada por dentro e serviu o craque argentino Lionel Messi, que finalizou sem chances para o goleiro Aaron Escandél.

O empate do Granada veio aos 18 minutos do segundo tempo, com o venezuelano Darwin Machís. O jogador recebeu passe em profundidade e marcou em um contra-ataque bem armado dos visitantes. A virada aconteceu com o atacante Jorge Molina, que entrou no decorrer do jogo e cabeceou com estilo na pequena área, aos 34, superando o goleiro alemão Ter Stegen.

Mostre mais
Fechar