CHUVA PRETA: População coleta água escura e nuvens de fuligem causadas por queimadas são a causa

Moradores de São Francisco de Assis, no interior do Rio Grande do Sul, relataram ter coletado água de coloração escura durante as chuvas que atingiram a região no fim de semana. Especialistas afirmaram que o fenômeno pode ser resultado das queimadas que atingem o Pantanal.

“Teve chuva ontem e eu coletei, estava um pouco suja, daí joguei fora. Hoje [domingo] veio essa água ainda mais escura”, contou Ivete de David à emissora. Segundo a moradora, foram três baldes de água turva — que, apesar da cor escura, não tem cheiro.

Na sexta-feira (11), imagens de satélite do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) já mostravam uma imensa mancha branca de fumaça, causada pelos incêndios no Pantanal e também na Amazônia, que encobria países vizinhos e alcançava estados do Sudeste e do Sul, como São Paulo e Paraná, em rotas de mais de 3 mil quilômetros de extensão.

No Rio Grande do Sul, de acordo com a Somar Meteorologia, a cor da água da chuva pode ser resultado das queimadas no Pantanal. “A gente pode dizer que a chuva ‘lavou’ a atmosfera e, ao cair, ela vem com essa cor, essa sujeira. Na verdade, são fuligens que acabaram fazendo com que a chuva se tornasse mais escura”, explicou a meteorologista Cátia Valente à RBS TV.

Mostre mais
Fechar