CONTRADIÇÕES DE FLÁVIO BOLSONARO: Senador é contra ‘aglomeração’ da CPI da Covid-19 e é a favor de aglomerações em manifestações

Neste domingo, em uma publicação na sua rede social, o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) demonstrou apoio às manifestações que acontecerem neste sábado, em favor do governo de seu pai, o presidente Jair Bolsonaro. Ao adotar o discurso em favor aos atos, que foram marcados por aglomerações e o não uso das máscaras de proteção, o senador foi contra a sua própria fala da última terça-feira. Na ocasião, ele criticou as sessões semipresenciais da CPI da Covid, ao alegar que causariam aglomeração e até mortes.
“Demonstração do mais genuíno e legítimo exercício da DEMOCRACIA! Parabéns ao povo brasileiro! Ótimo domingo e que Deus nos abençoe!”, escreveu Flavio ao compartilhar o vídeo de um dos protestos, que ocorreu em um dos piores momentos da pandemia no país.
Na semana passada, o filho do presidente Bolsonaro, que não está entre os titulares da comissão que investiga a gestão do governo federal no enfrentamento à covid-19, chegou a procurar senadores para tentar convencê-los de que a instauração da CPI é “irresponsável”. O que mostra uma postura diferente da adotada com esse tipo de publicação.
“Eu acho que o presidente Rodrigo Pacheco (DEM-MG) está errando, está sendo irresponsável. Está assumindo a possibilidade de durante os trabalhos dessa CPI acontecerem mortes de senadores, morte de assessores, morte de funcionários desta casa por covid-19 porque em algum momento as audiências e sessões terão que ser presenciais em um momento em que nem todos estão vacinados”, disse.
Mostre mais
Fechar