Copa do Rei pode ser a última final de Lionel Messi pelo Barcelona

O argentino Lionel Messi comanda o Barcelona neste sábado diante do Athletic Bilbao, na decisão da Copa do Rei

Ele é sinônimo de uma era no futebol espanhol e pode jogar a sua última decisão com a camisa do clube catalão. É nesse clima de incerteza que o argentino Lionel Messi comanda o Barcelona neste sábado diante do Athletic Bilbao, na decisão da Copa do Rei. O jogo acontece em Sevilha e, de certa forma, todas as atenções estarão voltadas para ele.

Principal nome da equipe desde o fim do reinado de Ronaldinho Gaúcho, Messi construiu uma trajetória de sucesso e, ao lado de Cristiano Ronaldo, dividiu as honras de ser o melhor jogador do mundo por mais de uma década. No entanto, os seus capítulos recentes dão sinais de que sua história no clube pode estar perto do fim. Desgastado com a diretoria, no final da temporada passada ele sinalizou seu desejo de sair publicamente e sua queda de rendimento acabou reforçando essa ideia.

Foi somente a partir do início deste ano que o camisa 10 do Barcelona recuperou a sua condição de fora de série e conseguiu reconduzir a sua equipe na briga pela conquista do Campeonato Espanhol (é o terceiro colocado a dois pontos do líder Atlético de Madrid).

E os desafios de Messi, naquela que pode vir a ser sua última final pelo clube que o revelou, não param por aí. Eliminado das Liga dos Campeões de forma surpreendente nas oitavas de final, o Barcelona ainda perdeu as duas partidas para o Real Madrid no Espanhol. Com um ponto a mais (66 a 65), o time merengue é o segundo na briga pelo título. A conquista da Copa do Rei chegaria para aliviar um ambiente tenso também pela recente crise institucional e financeira que assola o clube.

Com o contrato perto de terminar (o prazo é final de junho), o presidente Joan Laporta vem tentando dar um tom de tranquilidade aos torcedores nesse momento decisivo. “A negociação para a renovação do contrato de Messi está acontecendo da forma adequada”, afirmou o dirigente.

Ciente da importância do momento, o técnico holandês Ronald Koeman levou todo o elenco para Sevilha, a fim de reforçar o clima de cumplicidade da equipe. Os jogadores já fizeram o treino de reconhecimento no gramado e a tendência é ele utilizar o que tem de melhor para escalar a sua equipe.

Já o Athletic Bilbao está com todas as atenções voltadas para essa partida. O técnico Marcelino Toral dividiu o seu tempo em preleções, vídeos de jogos do Barcelona e treinamento de reconhecimento do local do confronto. Nenhum detalhe está sendo colocado de lado para obter o título da Copa do Rei. Ainda sem definir o time, o que é certo é que o treinador deverá ter uma atenção especial por parte do setor defensivo para tentar travar as arrancadas e as assistências de Lionel Messi.

Mostre mais
Fechar