ELE CONTINUA DE PÉ: TSE rejeita dois recursos e mantém Anísio Maia candidato a prefeitura de João Pessoa

Mesmo com a intervenção no diretório municipal do partido, o PT ainda não conseguiu o o objetivo de derrubar a candidatura de Anísio Maia à prefeitura de João Pessoa para apoiar Ricardo Coutinho (PSB). O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou dois recursos do partido e manteve Anísio Maia como candidato do PT em João Pessoa.

Um dos recursos foi rejeitado porque o ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, declinou da  competência de analisar o agravo interno do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB). No outro, o ministro negou o pedido de tutela de urgência formulado pelo Diretório Nacional do PT.

O conflito interno no PT começou quando o Diretório Nacional do Partido anunciou apoio a Ricardo Coutinho como candidato a prefeito de João Pessoa, apenas um dia depois de o Diretório Municipal homologar a candidatura própria de Anísio Maia.

O Diretório Nacional do partido passou a pressionar pela retirada da candidatura de Anísio, que foi chamada pela presidente nacional do partido, Gleisi Hoffmann de ”candidatura laranja”. Para ela, o único objetivo dessa candidatura seria atrapalhar Ricardo Coutinho. Gleisi lamentou ainda que Anísio Maia ”se prestasse a tal papel”.

Anísio Maia, por outro lado, sustenta que sua candidatura é legítima e que seu nome foi escolhido de forma democrática dentro do Diretório Municipal do PT. O mesmo é dito pela presidente municipal do partido, Giucélia Figueiredo.

Com a desobediência dos líderes municipais, o PT fez uma intervenção no município e destituiu Giucélia Figueiredo do cargo. Agora, o partido tenta cancelar a candidatura de Anísio Maia, mas ainda não obteve sucesso.

Mostre mais
Fechar