EMPREGOS VENDIDOS POR R$500: Falso sindicalista vendia vagas inexistentes e dava golpes em venda de calcinhas

Um homem que se passava por representante sindical foi preso nesta terça-feira (23) pela Polícia Civil da Paraíba, na cidade de Monteiro, Cariri Paraibano.

Segundo o delegado Jorge Luiz, a 14ª Delegacia Seccional de Polícia Civil (DSPC), foi dado o cumprimento a dois mandados de prisão contra um falso sindicalista que oferecia empregos cobrando das vítimas valores entre R$ 350 e R$ 500.

“De acordo com informações compartilhadas pela Polícia Civil do Ceará, ele agia em Fortaleza (CE), onde enganava as vítimas e oferecia empregos inexistentes. Para isso, os interessados depositavam os valores em sua conta para que ele disponibilizasse a pseudo vaga”, esclareceu o delegado Jorge Luiz.

Através das redes sociais, o suspeito agia em outra frente, lesando os consumidores virtuais com a comercialização de roupas íntimas femininas. Nesse caso, ele recebia o dinheiro da venda mas não entregava o produto.

“A prisão ocorreu por policiais civis na cidade de Monteiro e o preso foi encaminhado para a cadeia Local, onde aguardará determinação da Justiça para ser encaminhado para o estado do Ceará”, concluiu.

Mostre mais
Fechar