EVENTOS ELEITORAIS E CORONAVÍRUS: Paraíba registra alta em mortes e cenário pode estar relacionado com eleições municipais

A Paraíba registra alta de 25% na média móvel de mortes causadas pelo novo coronavírus e, de acordo com as autoridades sanitárias, o cenário pode estar associado aos eventos de campanhas eleitorais que ocorrem em todo o Estado, devido às Eleições 2020. A suspeita leva em consideração o período no qual as altas estão sendo registradas: duas semanas após o fim das convenções partidárias e a largada para as campanhas de rua. Os dados foram divulgados pelo Fantástico no domingo (18).

Diante da situação, o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros destacou que isso reflete na ocupação de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para os pacientes infectados pela doença. Conforme ele, na última sexta-feira (16), no Hospital de Clínicas, em Campina Grande, 12 dos 15 leitos para adultos estavam ocupados. Ainda de acordo com o secretário, a metade dos pacientes que estão na unidade são de outras cidades.

O Sertão do Estado registrou, na semana semana, 64% de ocupação de leitos, mas apresentou melhora, caindo para 59%, de acordo com o relatório divulgado no domingo (18). No entanto, os número ainda preocupam.

Na Região Metropolitana de João Pessoa, a ocupação de leitos chega a 42%, já em Campina Grande, 33% estão ocupados. Em todo a Paraíba, 2.993 pessoas foram vítimas fatais da doença.

Para o secretário Executivo de Saúde do Estado, Daniel Beltrami, caso as pessoas não voltem a seguir às normas de prevenção contra a doença, o país poderá ter o cenário da Europa, que tem registrado números recordes de casos da Covid-19.

“É cada vez maior o número de pessoas que abandonam toda e qualquer medida de proteção assumindo comportamentos de risco, o que pode nos levar a vivenciar aqui no Brasil o que assistimos na Europa neste momento”, alertou.

Mostre mais
Fechar