Faleceu na manhã deste sábado falso piloto baleado em restaurante da orla pessoense

Diego Schmoller, que havia sido baleado em um restaurante da orla pessoense no dia 27 de novembro e que se passava por piloto de avião, faleceu na manhã deste sábado (12) no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Diego encontrava-se internado desde o dia em que levou os cinco tiros, dois em um braço, dois numa das pernas e outro no tórax.

Após ser baleado, Diego, que além de se apresentar como piloto usava nome falso de Victor Hugo Garcia, foi preso em decorrência de mandados expedidos nas comarcas de Bauru e Agudos, em São Paulo, por estelionato e furto. Ele respondia a mais de 30 processos em São Paulo, tendo sido condenado em um deles, mas ele estava foragido do presídio após sair no Dia dos Pais e não retornar à unidade prisional.

A Polícia Civil informou que as investigações para tentar identificar os autores do agora homicídio contra ele continuam, mas ninguém foi preso até agora.

Mostre mais
Fechar