FATOS COMBATENDO HISTÓRIAS: Documentos desmentem Alcione sobre aquisição de ar-condicionados para escolas de Alagoinha

A ex-prefeita de Alagoinha, Alcione Beltrão, candidata a prefeita pelo Cidadania, mostrou o seu despreparo ao tentar justificar o injustificável. Alcione participou do Debate Político promovido pela TV Independente, no último dia 02 de outubro. A ex-gestora tentou ludibriar a população ao apontar os motivos que a impediram de comprar os aparelhos de ar-condicionado para as escolas do município. Assista abaixo.

Alcione mentiu, ela evitou esclarecer que desde o início do seu segundo mandato existe duas atas com o registro de preço dos aparelhos de ar-condicionado, nº 72/2013 e nº 74/2013, além do pregão eletrônico de nº 19/2013. Os documentos foram elaborados pelo Ministério da Educação através do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação. As atas foram homologadas nos dias 07 e 14 de agosto de 2013, primeiro ano da segunda gestão de Alcione em Alagoinha.

Alcione explicou que a Região Nordeste não foi beneficiada pelo Ministério da Educação, novamente a ex-prefeita mentiu para o povo. O Nordeste sempre pertenceu ao grupo de abrangência, o que facilitava a Prefeitura Municipal de Alagoinha comprar os aparelhos e climatizar ás escolas. Na realidade, faltou interesse da ex-gestora de adquirir os equipamentos e implanta-los nas unidades de ensino do município.

Veja abaixo os documentos que comprovam a inclusão da Região Nordeste no Grupo de Abrangência, além das atas com o registro de preço dos aparelhos de ar-condicionado. A incompetência de Alcione superou os limites documentais sobre o histórico comprobatório dos atos praticados em Alagoinha.

Mostre mais
Fechar