Geraldo Medeiros afirma que Bolsonaro deveria ter discutido parcerias privadas com o SUS antes da criação de decreto

Nesta quinta-feira (29) o secretário de Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, falou sobre o decreto do presidente Jair Bolsonaro que instituía a Estratégia Federal de Desenvolvimento para o Brasil para o período de 2020 a 2031. Dentre as medidas apontadas pelo decreto estava uma que indicava a possibilidade de que a iniciativa privada passasse a gerir a atenção primária a saúde, o que gerou muito polêmica e clamor popular nas redes sociais.

Para o secretário, o modelo proposto deveria ter sido discutido antes pelo Governo, “Isso precisaria ter sido discutido junto aos órgãos representativos  e aí sim definir qual a melhor alternativa”. Bolsonaro revogou o decreto ontem como reação a toda a polêmica gerada.

Mostre mais
Fechar