GOLPE DO CARTEIRO EM JOÃO PESSOA: Funcionário dos Correios é suspeito de roubar quase R$500 mil em correspondências e encomendas

Grandes quantias de dinheiro vivo e diversos eletrônicos foram encontrados na casa do servidor

Após um servidor da Empresa de Correios e Telégrafos de João Pessoa ser preso na última sexta-feira(29) sob suspeitas de desviar até meio milhão de reais em itens de clientes, a empresa se pronunciou sobre o caso. Os Correios disse por meio de uma nota divulgada neste sábado(30) que um processo administrativo interno será aberto para investigar a conduta do servidor.

“Os Correios ratificam seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência e reafirmam que a atitude do empregado não condiz com as práticas da empresa”, afirmou a empresa. Na nota a ECT também afirmou que está colaborando com os trabalhos da Polícia Civil.

A Empresa de Correios e Telégrafos confirmou que abrirá um processo administrativo

O servidor foi preso em João Pessoa na última sexta-feira e em sua casa foram encontradas grandes quantias de dinheiro e diversos aparelhos eletrônicos. A Polícia Civil suspeita que os desvios praticados pelo homem possam atingir a casa de R$ 500 mil.

Desdobramentos

O homem responderá por peculato, quando um funcionário público se apropria de bens públicos ou de quem utiliza serviços públicos. Os itens e os valores que foram apreendidos na residência do servidor serão encaminhados para a justiça após serem devidamente periciados.

Mostre mais
Fechar