Idoso morre em hospital e filha denuncia furto de dentes de ouro avaliados em R$ 11 mil

A mulher percebeu o crime um mês após o ocorrido e registrou um boletim de ocorrência na delegacia

Um idoso, de 84 anos, morreu em decorrência da Covid-19, no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande. Segundo a filha da vítima, o idoso teve quatro dentes de ouro furtados. A mulher percebeu o crime um mês após o ocorrido e registrou um boletim de ocorrência na delegacia.

De acordo com a polícia, a filha só sentiu falta agora, um mês após o falecimento, porque estava viajando e teve a orientação de não abrir os pertences dele, por conta da doença. Ao retornar da viagem, ela abriu o embrulho e constatou que os dentes, com 8 gramas de ouro maciço cada, não estavam lá. Os dentes são avaliados em cerca de R$ 11 mil.

Ao G1, o delegado Gustavo Bueno falou sobre o caso. “A familiar que registrou aqui na delegacia. Ela sentiu a falta de 4 dentes e fizemos o boletim de ocorrência. Agora, vamos analisar os fatos, solicitar imagens de câmeras e também pedir informações ao hospital”, disse.

O crime foi registrado como furto e a pena varia de 1 a 4 anos de prisão, além da multa.

Mostre mais
Fechar