INCONFORMADO COM DEMISSÃO: Pastor brasileiro é preso acusado de terrorismo nos EUA

Douglas Gonçalves teria enviado e-mail ameaçando atirar em funcionários de um supermercado

Douglas Gonçalves, pastor brasileiro, foi preso em Massachusetts, nos Estados Unidos, no dia 5 de fevereiro, acusado de ameaças terroristas e fraude de identidade.

Segundo informações, o brasileiro havia sido demitido de uma empresa de serviços de entrega, que entrega compras por meio de aplicativos há cerca de uma semana antes de ser preso.

Além das ameaças de que iria entrar em uma rede de supermercados atirando contra funcionários, Douglas foi acusado de posse de documentos fraudulentos, pois usou uma identidade falsa enquanto trabalhava.

Mostre mais
Fechar