INVADIU QUARTO QUANDO A VIU SÓ: Funcionário de hotel é preso por estupro de hóspede

Uma esteticista, de 36 anos, denunciou um funcionário de um hotel, na Barra da Tijuca, por estupro. De acordo com a jovem, o homem entrou no quarto dela na noite de domingo (18) e acariciou as partes íntimas dela. As informações são da revista Época.

Em depoimento à polícia, a vítima contou que veio do Pará para fazer um curso de atualização em despigmentação na capital carioca. No domingo (18), ela saiu com uma amiga, ingeriu bebida alcoólica e se sentiu mal. Ao retornar para o hotel, a amiga a deixou no quarto e foi embora.

Ainda conforme o relato da vítima, quando já estava sozinha no quarto, o funcionário com uniforme, abriu a porta, perguntou se ela estava bem e “passou a mão por cima de sua calcinha, na altura da vagina”.

Logo em seguida, ela teria começado a gritar e o mensageiro saiu do quarto. Imagens de câmeras de segurança do hotel flagraram o rapaz correndo no corredor do andar da esteticista. O funcionário foi preso em flagrante e irá responder por estupro de vulnerável.

De acordo com o delegado Henrique Damasceno, titular da 16a DP, o homem negou as acusações e disse ter ido no quarto apenas para checar se a hóspede estava se sentindo bem. Ele já tem uma anotação criminal por violência doméstica.

Mostre mais
Fechar