IRRESPONSABILIDADE: Governador do Rio faz roda de samba sem máscara na pandemia

Na imagem, os demais músicos também aparecem sem máscaras

O governador em exercício do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PSC), foi flagrado em um vídeo divulgado nas redes sociais participando de mais um evento durante a pandemia da covid-19. Sem máscara, Castro participou de uma roda de samba em um local fechado. Na imagem, os demais músicos também aparecem sem máscaras.

No último domingo (28), o governador já havia dado uma festa de aniversário em comemoração a seus 42 anos, dois dias depois de apelar para que os fluminenses ficassem em casa.
No microfone, Castro canta a música “Domingo”, do grupo de pagode Só Pra Contrariar. Ele é acompanhado por outros músicos. Por meio de nota, o Palácio Guanabara confirmou a veracidade do vídeo.

“O governador em exercício Cláudio Castro esclarece que o vídeo que circula nas redes, em que aparece cantando, é de fevereiro, quando o atual decreto não estava em vigor. O vídeo não foi gravado no último domingo (quando o governador comemorou seu aniversário)”, disse a nota.

A assessoria do governador não explicou por que ele estava sem máscara.

As imagens da roda de samba foram registradas durante um jantar na residência do deputado estadual Max Lemos (PSDB). A assessoria do parlamentar informou que o samba ocorreu no dia 20 de fevereiro.

“O jantar foi realizado para pouquíssimas pessoas, na varanda, um espaço amplo e arejado, e contou com todos os cuidados necessários, como álcool 70 disponível para os presentes, além da aferição da temperatura na entrada”, informou a nota do deputado.

Ainda conforme a nota divulgada pelo deputado, o jantar não infringiu o decreto estadual vigente à época (47.454), que autorizava a realização de rodas de samba em ambientes abertos e fechados.

Castro comemorou a chegada aos 42 anos em uma festa no domingo (28), em uma casa em Itaipava, Petrópolis, na região serrana do Rio. Um decreto da Prefeitura de Petrópolis proíbe aglomerações até o próximo domingo (4). Em vídeo postado nas redes sociais, ele pediu desculpas pela festa, que chamou de almoço com familiares.

Também na semana passada, o governador em exercício assinou um decreto que antecipava feridos no estado. Na ocasião, Castro pediu à população respeitasse as normas mais rígidas contra o coronavírus.

“Não é hora de fazermos festa. Tem muita gente morrendo, muita gente na fila de um hospital. Esse é um feriado pra nós ficarmos em casa”, disse o governador durante entrevista coletiva, na ocasião.

Mostre mais
Fechar